10 de maio de 2016

Toque Quântico




Toque Quântico



O Toque Quântico é um método de cura pelas mãos que emprega tipos de toque para acelerar profundamente a resposta regeneradora do próprio corpo.

Esse método foi desenvolvido por Richard Gordon, famoso terapeuta e escritor, com fortes influências dos trabalhos de Bob Rasmusson e de Randolph Stone.

O Toque Quântico parte da premissa de que: A cura é real e palpável; Qualquer pessoa pode realizá-la; O amor e a intenção de cura de qualquer pessoa têm impacto e valor; O seu amor tem impacto e valor; A habilidade de trabalhar como curador é simplesmente um dom interno que precisamos descobrir.

Esse método pode combinar-se com facilidade e eficácia, com outras modalidades terapêuticas. Muitos praticantes de Reiki, Acupuntura e Medicina Indiana aplicam esse método como complementação de seus trabalhos. Richard Gordon costuma dizer em suas palestras que "todo mundo pode aprender a curar ? inclusive os médicos !" e que o aprendizado começa com o amor. Isso mostra o caráter naturalista desse método, o qual não utiliza fármacos e nem tem contra-indicações.

A principal diferença entre esse método e outras modalidades terapêuticas que usam o poder das mãos é o padrão de ressonância que é criado a partir de técnicas de respiração que o terapeuta deve realizar para ativar profundamente a energia do paciente e isso se reflete visivelmente nos ossos, nervos e músculos. Existem inúmeros exercícios básicos que são ensinados para sentirmos a energia corporal (nossa e de outras pessoas).

Isso torna-se essencial nesse tipo de tratamento, pois dessa forma pode-se descobrir áreas bloqueadas que estão impedindo o funcionamento adequado do corpo, dificultando principalmente a manifestação da energia inata da auto-cura.

O Toque Quântico trabalha com a ativação dos chakras (centros de energia), meridianos e de zonas reflexas (de pés, mãos, crânio e pavilhão auricular).

Site Luz da Serra
 

9 de maio de 2016

Como se tornar um canal de energia Reiki







O Futuro Reikiano


Todos nós, em determinados momentos de nossas vidas, passamos por situações difíceis de sofrimento, estejamos direta e pessoalmente envolvidos ou não. Pode ser um sofrimento físico e material, emocional, psíquico e em algumas ocasiões, espiritual. Surge, então, o desejo de eliminar o sofrimento ou, pelo menos, de minimizar a dor, proporcionando alívio para nós mesmos e para quem nos cerca, mas nos sentimos completamente impotentes. Quantas vezes pensamos que, se pudéssemos dispor de algo para interagir e ajudar a aliviar os sofrimentos, a vida poderia ser melhor. Então, de alguma forma, chega ao nosso conhecimento que o Reiki está disponível e que é inesgotável. Nesse feliz momento, faz-se necessário procurar um mestre de Reiki habilitado e participar de um ritual de sintonização.

O Reiki encontra-se ao alcance de crianças, de preferência com mais de 7 anos, anciãos e pessoas doentes. Basta querer.

O ser humano pode ser comparado a uma instalação elétrica completa, cuja lâmpada não acende por estar desatarraxada. O que o mestre de Reiki faz é somente ajustar o contato da lâmpada. Todos podemos ser canais de Reiki. Somos reikianos em potencial, já nascemos com os canais. O reikiano não é criado pelo mestre e sim despertado, por isso denominamos o Nível 1 do Reiki de “O Despertar”.

A partir do momento da iniciação, abre-se dentro da pessoa uma porta que, uma vez transposta, a introduz a uma nova realidade. O iniciado converte-se em um verdadeiro canal de energia Reiki, ou seja, terá sempre contato com essa “Energia Universal” e poderá aplicá-la quando quiser. Damo-nos conta de que somos capazes de nos ajudar e de proporcionar conforto ao próximo necessitado, fazendo fluir a“Energia Universal”, cósmica, espontânea e ilimitada, com um simples gesto, bastando impor as mãos para que flua. É tão simples que resistimos até a crer que seja real.

Quando nos convertemos em canal de Reiki, nos tornamos um meio através do qual a “Energia de Amor Universal” é conduzida. O Reiki é uma energia de amor canalizada através do nosso Chacra Cardíaco. Abre para nós um mundo totalmente novo, diferente, que a princípio não acreditávamos poder existir. Entretanto, precisamos ficar alertas para não permitir que esse conhecimento venha a estimular negativamente o nosso ego, o que atrapalharia nosso processo evolutivo.

Mestre Johnny De’ Carli

11 de abril de 2016

Um pouquinho de terapia por conta própria


Arrume sua cama.

Quando você tem muito o que fazer e se sente sobrecarregado, arrumar a cama pode ser o primeiro passo para colocar sua vida no rumo certo. Isso também vai te desincentivar a voltar a dormir (pelo menos, é o que se espera).


Mude seu ambiente.

Ficar olhando para as mesmas quatro paredes dia após dia pode ser terrível. Você pode trabalhar em uma cafeteria, biblioteca ou na casa de um amigo? Se puder adicionar “ir a algum lugar” à lista de coisas que fez hoje, você poderá se sentir melhor.



Faça alguma coisa, mesmo que seja uma ação pequena.

Você precisa fazer compras? Agendar uma consulta médica? Responder um e-mail? Se não puder fazer as coisas grandes de sua lista, concentre-se nas coisas pequenas, e não se esqueça de se parabenizar por ter feito algo.



Reconheça que suas emoções são normais.
Sentimentos negativos podem ser complicados, mas eles são parte da existência humana. Raiva, ressentimento, tristeza, decepção consigo mesmo ou com os outros, baixa autoestima, mágoa — tudo isso é normal e todo mundo sente isso. Dê-se ao luxo de ser humano e simplesmente sinta o que você está sentindo.As emoções não fazem de você alguém fraco. Elas fazem de você um ser humano, o que eu acho que todos nós concordamos que somos.


Mas limite o tempo que você passa se lamentando.

Imponha um limite de tempo (literal) para isso. Assim que o tempo se esgotar, faça algo que balanceie e interrompa os padrões de pensamento que estão governando esses sentimentos e siga normalmente com o seu dia. Por exemplo, se você estiver sentado, levante-se e vá caminhar.

Balanceie cada pensamento negativo com dois positivos.
Desafiar a si mesmo a focar em pensamentos positivos realmente faz diferença.
Contrabalançar sua insegurança é uma ótima forma de se afastar do efeito bola de neve inevitável que vem com a negatividade.


Volte seu foco para fora, em direção às outras pessoas.

Parte do que mantém o ciclo de emoções negativas é nossa tendência de pensar em nós mesmos o tempo todo. Em momentos de angústia prolongada, distraia-se fazendo algo por outra pessoa, como ligar para um amigo e perguntar como ele está, ou fazer um favor para alguém. As emoções negativas são normais (e inevitáveis), mas elas não precisam controlar seu dia.



Encontre uma maneira de colocar suas emoções para fora.

Quando a mente está inquieta, escreva pensamentos e associações livres em um pedaço de papel e depois rasgue o papel. E nem releia, porque isso pode levar a um ciclo de negatividade.

Outras sugestões para “botar para fora” incluem: escrever um diário, criar arte ou se exercitar vigorosamente. Praticar alguma forma segura de expressar suas emoções é uma parte importante da terapia e é algo que você pode fazer quando quiser ou precisar.


25 de janeiro de 2016

Encadernação Manual

Aprenda da Forma Mais Rápida Como Fazer Lindos Cadernos Artesanais Ideais Para Vender e PresentearSem Gastar Horas de Sua Vida E Ainda Por Cima Seja Reconhecido Pelo Seu Talento .













3 de novembro de 2015

Quadro feito para minha Mãe!




Se essa rua
Se essa rua fosse minha
Eu mandava
Eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas
Com pedrinhas de brilhante
Para o meu
Para o meu amor passar

Nessa rua
Nessa rua tem um bosque
Que se chama
Que se chama solidão
Dentro dele
Dentro dele mora um anjo
Que roubou
Que roubou meu coração

Se eu roubei
Se eu roubei teu coração
Tu roubaste
Tu roubaste o meu também
Se eu roubei
Se eu roubei teu coração
É porque
É porque te quero bem!



29 de abril de 2015

#Jardim secreto

Nova Moda!
Abalando corações e descobrindo artistas.
Dispensa comentários pois já estão divulgando bastante.
Amei
Tenho o meu desde 25 de janeiro. AQUI
Tenho alguns trabalhos feitos, algumas páginas semi-preenchidas.
Essa é uma delas:


A qualidade da foto não está muito boa, prometo melhoras as próximas.


Bjks

7 de abril de 2015

E é!!!


These days






These days - the stars ain't out of reach
But these days - there ain't a ladder on the streets
These days - are fast, love don't last, it's a graceless age
Even innocence has caught the midnight train



Hoje em dia - as estrelas não estão fora do alcance
Hoje em dia - não há uma escada nestas ruas
Hoje em dia - tudo é rápido, o amor não dura, é uma era sem beleza
Até mesmo a inocência pegou o trem da meia-noite

Atualizando. Falando de rotina e insegurança!

Olá, bom dia!

Estou atualizando meu blog com um assunto que as vezes não consigo me expressar com palavras faladas, mas com palavras escritas, é talvez , né? kk

Passei uma semana do cão! Aliás duas semanas. A de TPM e a de cólica!
Achei que ia enfartar na TPM e morrer uma semana depois.

Muita irritação, um desajuste em mim que não havia prestado atenção em tempos atrás.
Uma apatia crônica, uma vontade de não fazer nada e ao mesmo tempo 597 mil coisas pra fazer.
Muitas coisas aprendi a deixar de lado e fazer só mesmo quando terminasse as mais importantes.

De repente bate o medo de não ser tão perfeita, de não dar conta, de não saber lidar com algumas situações. É muito difícil isso pra mim, já que sempre fui muito independente. Fui criada pra ser assim. E me cobro quando não consigo ou até mesmo quando "acho" que não vou conseguir.

Caraca, como é difícil! Não sou boa cozinheira, não gosto de cozinha, mas olho pro lado e vejo marido e três filhos kkk! Como não ir pra cozinha? Aí as coisas saem, mas saem coisas da rotina de sempre.

Embora exista essa dificuldade em mim, quando me comprometo com algo, que não seja cozinha, hehehe, é muito difícil eu não cumprir.

Mas ainda existe o que citei no começo do texto. Tenho passado todos esses últimos meses por esses dois períodos que estão me derrubando! Fisicamente e psicologicamente.
Sinto como se fosse uma depressão, uma dependência, uma insegurança, que não me livro.

Precisava era tomar as rédeas desses sentimentos e transformá-los em algo melhor.
Conseguir organizar minha rotina de mãe, mulher, profissional, etc, pra não me cobrar depois.

Não sou perfeita assim como muita gente, mas desejaria ser melhor, ou ,me organizar melhor, ou entender melhor dessas rotinas que não precisam ser infinitamente rigorosas.

Se eu não pirar ante disso, melhor! kkk

Busca para o equilíbrio é o que não falta em mim, mas esses últimos meses tem sido bem difíceis de aplicar qualquer conhecimento. Existe um bloqueio criado por mim. A cama tem sido minha melhor companheira. No sentido de deitar após os compromissos cumpridos e esquecer o resto.

Sei que vai passar. Sou forte pra encarar e vou desvirar esse processo.
Masssssss ainda me sinto enfraquecida e só. Solidão em vários sentidos.

Não estou conseguindo nem definir metas, pois sempre fiz isso, o que considero importante, pois assim você se lembra do caminho que pretende seguir e retoma o rumo. Mas sem metas, objetivos, isso é quase impossível.

Esse texto foi só um desabafo. Me desculpem.
Mas talvez sirva de exemplo pra alguém que está passando por algo parecido.

Uma coisa que me deixa feliz é que este blog tem alcançado muita audiência, vários leitores de lugares diferentes e muitas visitas, principalmente neste tema cotidiano.
Infelizmente não tenho tido motivação pra escrever, então o tráfego aqui diminui.


Vou parando aqui.

Deixo milhões de beijos pra quem passar por esse espaço!

Volto logo!


18 de março de 2015

Bom dia!





Sai de si
Vem curar teu mal
Te transbordo em som
Põe juizo em mim
Teu olhar me tirou daqui
Ampliou meu ser
Quero um pouco mais
Não tudo
Pra gente não perder a graça no escuro
No fundo
Pode ser até pouquinho
Sendo só pra mim sim

Olhe só
Como a noite cresce em glória
E a distância traz
Nosso amanhecer
Deixa estar que o que for pra ser vigora
Eu sou tão feliz
Vamos dividir

Os sonhos
Que podem transformar o rumo da história
Vem logo
Que o tempo voa como eu
Quando penso em você

Olhe só
Como a noite cresce em glória
E a distância traz
Nosso amanhecer
Deixa estar que o que for pra ser vigora
Eu sou tão feliz
Vamos dividir

Os sonhos
Que podem transformar o rumo da história
Vem logo
Que o tempo voa como eu
Quando penso em você

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...