7 de abril de 2015

Atualizando. Falando de rotina e insegurança!

Olá, bom dia!

Estou atualizando meu blog com um assunto que as vezes não consigo me expressar com palavras faladas, mas com palavras escritas, é talvez , né? kk

Passei uma semana do cão! Aliás duas semanas. A de TPM e a de cólica!
Achei que ia enfartar na TPM e morrer uma semana depois.

Muita irritação, um desajuste em mim que não havia prestado atenção em tempos atrás.
Uma apatia crônica, uma vontade de não fazer nada e ao mesmo tempo 597 mil coisas pra fazer.
Muitas coisas aprendi a deixar de lado e fazer só mesmo quando terminasse as mais importantes.

De repente bate o medo de não ser tão perfeita, de não dar conta, de não saber lidar com algumas situações. É muito difícil isso pra mim, já que sempre fui muito independente. Fui criada pra ser assim. E me cobro quando não consigo ou até mesmo quando "acho" que não vou conseguir.

Caraca, como é difícil! Não sou boa cozinheira, não gosto de cozinha, mas olho pro lado e vejo marido e três filhos kkk! Como não ir pra cozinha? Aí as coisas saem, mas saem coisas da rotina de sempre.

Embora exista essa dificuldade em mim, quando me comprometo com algo, que não seja cozinha, hehehe, é muito difícil eu não cumprir.

Mas ainda existe o que citei no começo do texto. Tenho passado todos esses últimos meses por esses dois períodos que estão me derrubando! Fisicamente e psicologicamente.
Sinto como se fosse uma depressão, uma dependência, uma insegurança, que não me livro.

Precisava era tomar as rédeas desses sentimentos e transformá-los em algo melhor.
Conseguir organizar minha rotina de mãe, mulher, profissional, etc, pra não me cobrar depois.

Não sou perfeita assim como muita gente, mas desejaria ser melhor, ou ,me organizar melhor, ou entender melhor dessas rotinas que não precisam ser infinitamente rigorosas.

Se eu não pirar ante disso, melhor! kkk

Busca para o equilíbrio é o que não falta em mim, mas esses últimos meses tem sido bem difíceis de aplicar qualquer conhecimento. Existe um bloqueio criado por mim. A cama tem sido minha melhor companheira. No sentido de deitar após os compromissos cumpridos e esquecer o resto.

Sei que vai passar. Sou forte pra encarar e vou desvirar esse processo.
Masssssss ainda me sinto enfraquecida e só. Solidão em vários sentidos.

Não estou conseguindo nem definir metas, pois sempre fiz isso, o que considero importante, pois assim você se lembra do caminho que pretende seguir e retoma o rumo. Mas sem metas, objetivos, isso é quase impossível.

Esse texto foi só um desabafo. Me desculpem.
Mas talvez sirva de exemplo pra alguém que está passando por algo parecido.

Uma coisa que me deixa feliz é que este blog tem alcançado muita audiência, vários leitores de lugares diferentes e muitas visitas, principalmente neste tema cotidiano.
Infelizmente não tenho tido motivação pra escrever, então o tráfego aqui diminui.


Vou parando aqui.

Deixo milhões de beijos pra quem passar por esse espaço!

Volto logo!


Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...