21 de junho de 2010

Blogagem coletiva- Vida Simples

Hoje, último dia da Blogagem coletiva promovida pela Mila - Mila's Ville. Despedidas sempre são ruins, mas como hoje o tema é livre, quero deixar essa despedida menos triste e com conselhos de simplicidade ,embora eu me ache um pouco complicada...kkkk
Bem, deixa eu explicar, já que o título do meu blog é "Simples assim" e eu estou me considerando complicada.
Decidi que o título seria esse pra torná-lo o meu objetivo de vida, pois, tenho manias de ansiedade, de querer ser perfeccionista, de querer tudo na hora, ou seja, tendo que olhar pro meu "lema" cada vez que abrir o meu blog, lembrarei dessa meta de tornar tudo Simples Assim e tentar reverter alguns modelos que direta ou indiretamente influenciem nas decisões a serem tomadas.
A ansiedade me mata, me maltrata, quando me deparo com algo que tenho que decidir, muitas vezes vou até a China pra poder achar a solução bem simples na frente do meu narizão!




"Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade."
Mário Quintana
Quero fechar esse post dizendo que hoje, o quanto mais conseguir simplificar a minha vida, mais feliz acredito que vou ser. Simplificar meu guarda-roupas, simplificar meus atos, sem deixar a minha personalidade desaparecer.


"No caráter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude"
Henry Wadsworth Longfellow
Conseguir conquistar um pouquinho de aconchego no meu coração, deixando pro "fundo" as coisas mais complexas, sem querer adiá-las, mas podendo pensar nelas de outra forma e resolve-las da maneira mais serena e simples possível!


Simplificando tudo: o que procuro é ser feliz, da maneira mais singela que possa ser executada, sem nenhuma utopia, na real e com o pé no chão.
É isso!

















Vale a pena ler. Traduz todos os meus pensamentos!


Tudo o que é belo tende a ser simples. Afirmação generalizante? Não sei. O que sei é que a beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins. Vida que se ocupa de ser só o que é.

Não há conflito nas bromélias, não há angústia nas rosas, nem ansiedades nos jasmins. Cumprem o destino de florirem ao seu tempo e de se despedirem do viço quando é chegada a hora. São simples.

Não querem outra coisa, senão a necessidade de cada instante. Não há desperdício de forças, não há dispersão de energias. Tudo concorre para a realização do instante. Acolhem a chuva que chega e dela extraem o essencial. Recebem o sol e o vento, e morrem ao seu tempo.

Simplicidade é um conceito que nos remete ao estado mais puro da realidade. A semente é simples porque não se perde na tentativa de ser outra coisa. É o que é. Não desperdiça seu tempo querendo ser flor antes da hora. Cumpre o ritual de existir, compreendendo-se em cada etapa.

Já dizia o poeta: "Simplicidade é querer uma coisa só". Eu concordo com ele. O muito querer nos deixa complexos demais. Queremos muito ao mesmo tempo, e então nos perdemos no emaranhado dos desejos. Há o risco de que não fiquemos com nada, de que percamos tudo.

Aquele que muito quer corre o risco de nada ter, porque o empenho e o cuidado é que faz a realidade permanecer. O simples anda leve. Carrega menos bagagem quando viaja, e por isso reserva suas energias para apreciar a paisagem. O que viaja pesado corre o risco de gastar suas energias no transporte das malas. Fica preso, não pode andar pelo aeroporto, fica privado de atravessar a rua e se transforma num constante vigilante do que trouxe.

A simplicidade é uma forma de leveza. Nas relações humanas ela faz a diferença. O que cultiva a simplicidade tem a facilidade de tornar leve o ambiente em que vive. Não cria confusão por pouca coisa; não coloca sua atenção no que é acidental, mas prende os olhos naquilo que verdadeiramente vale à pena.

Pessoas simples são aquelas que se encantam com as coisas menores. Sabem sorrir diante de presentes simbólicos e sem muito valor material. A simplicidade lhe capacita para perceber que nem tudo precisa ter utilidade. E por isso é fácil presentear o simples.

Dar presentes aos complicados é um desafio. Não sabemos o que eles gostam, porque só na simplicidade é possível conhecer alguém. Só depois que as máscaras caem pelo chão e que os papéis são abandonados a gente tem a possibilidade de descobrir o outro na sua verdade.

Eu gostaria de me livrar de meus pesos. Queria ser mais leve, mais simples. Querer uma coisa só de cada vez. Abandonar os inúmeros projetos futuros que me cegam para a necessidade do momento. Projetos futuros valem à pena, desde que sejam simples, concretos e aplicáveis. Não gostaria que a morte me surpreendesse sem que eu tivesse alcançado a simplicidade. Até para morrer os simples têm mais facilidade. Sentem que chegou a hora, se entregam ao último suspiro e se vão.

Tenho uma intuição de que quando eu simplificar a minha vida, a felicidade chegará em minha casa, quando eu menos esperar.

( Padre Fábio de Melo )

4 comentários:

Isadora disse...

Samara, a ansiedade é uma praga - rs. Sei bem o que é isso, pois quero resolver mil coisas ao mesmo tempo, resolver as minhas coisas e dos outros, cumprir com todos os prazos, horário, retribuir todo o carinho que recebo. Ufa é tantanta coisa, mas concordo com você que a medida que simplificamos nossas vidas seremos, sim, muito mais felizes.
Um beijo

pensandoemfamilia disse...

Olá
Terminando a blogagem e eu conheceno mais uma pessoa. Ainda em tempo, não é mesmo?
Gostei da prescrição que fez a si mesmo através do seu blog, belo execício de simplicidade. Despeço-me com a frase que resume tudo
"Vida que se ocupa de ser só o que é.".
bjs,

Crica disse...

Nossa, esse texto do pader Fábio é lindo, não conhecia...
Quando a gente conseguir deixar pelo menos um pouco a ansiedade de lado, tudo ficará mais simples mesmo...o problema é que a gente não consegue na maioria das vezes , mas vamos à luta!
bjs

Simples Assim disse...

Oi Isa, a ansiedade me mata mesmo, começo um trabalho e quero ver o resultado final logo, assim as coisas não ficam perfeitas. Comecei a mudar isso com o artesanato que praticamente te obriga a não pular nenhum dos passos senão não sai nada!
Oi Norma, obrigada oela visita, as minhas autoprescrições acho que muitas vezes são até correta, o problema é conseguir por em prática.KKK Tô tentando!
Crica, também não conhecia esse texto e descreveu muito bem tudo que euzinha queria expressar!
Bjos meninas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...