22 de junho de 2009

São João e a Perdiz




Um estrangeiro que havia ouvido falar muito de São João, decidiu visitá-lo. Imaginava o santo homem estudando, debruçado sobre os manuscritos, aprofundando-se em grandes contemplações... Ao visitá-lo ficoumuito admirado ao ver São João brincando com uma perdiz, quecomia migalhas de sua mão, e ele fazia mil brincadeiras com a dócil ave. São João via a surpresa doi estrangeiro, mas fazia de conta de que nada percebia. Durante a conversa, São Joãolhe perguntou:
- "Tu tens aí um arco? Mantens este arco sempre tenso, esticado?"
- "Deus me livre!" -respondeu o estrangeiro- "Isto nenhum caçcador faria, pois o arco iria afrouxar-se...!"
- "Com a alma humana é a mesma coisa, ela tem que ser solta, senão... também afrouxa!" - disse São João.

Esta história foi escrita pela mãe do grande poeta e cientista Goethe, e enviada ao filho por carta,m para desculpar-se por ser tão alegre e cheia das brincadeiras, e explicar-lhe porque era tão importante ter seus momentos de alegria e lazer.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...